terça-feira, 18 de agosto de 2009

Poesia - O boné


Ele roubou-me o boné

Não é do meu agrado

O meu pai ficou zangado

Toma lá um ponta pé
Olavo Marques

Poesia - A radio


A radio estava a tocar

Eu fui logo dançar

Acabei por tropeçar

Numa cadeira a abanar
Olavo Marques

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Poesia - Selva


Eu fui à selva
Cheio de medo
Deitei-me na relva
Mas ainda era cedo
De repente vi um rochedo
E estava a tremer
Estava com medo
Mas era um menino a ler

Ele deu-me um envelope
Não sei porquê
Mas dizia STOP.

Vinha um tigre atrás de mim
Tenho que dizer
Mas isto chegou ao fim.
Olavo Marques

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Rex - O meu cão

Este é o rex
Ele é um cão
Ele é um fortalhão

video

Micha - A minha gatinha

Esta é a Micha
É uma gatinha
E tem uma voz muito fininha

video

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

poesia - Crocodilo



Os crocodilos são assustadores
E devoradores.
Têm uma boca tão grande
Parece a de um gigante
Olavo Marques

sábado, 8 de agosto de 2009

Poesia - As cores do natal


Vermelho e verde é o ideal

São as cores do azevinho

Que animam o teu natal,

com amor e carinho
Olavo Marques

Poesia - Rex no relvado


O rex estava no relvado
A jogar futebol
Ficou cansado
Por causa do sol
Olavo Marques

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Poesia - Teleférico




Andámos no teleférico

Foi muito animado

Eu fiquei estérico

Mas no fundo foi engraçado
"Olavo Marques"

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Poesia - Rex na praia



Eu fui à praia

Com o rex também

Vesti-lhe uma saia

Mas não fica nada bem
"Olavo Marques"